Assim como diversos município de nossa região, Itajuípe tem sofrido com o número insuficiente de vacinas que chegam à cidade para atender, ainda, a primeira etapa da vacinação. De acordo com a Secretaria de Saúde, chegaram pouco mais de seiscentas doses, insuficientes para cumprir com a vacinação dos primeiros grupos prioritários.
Neste sentido, Marcone Amaral defende a compra da vacina Sputnik V, produzida pelo Institudo Gamaleya, da Rússia. Para tanto, a Amurc realizou a assinatura da intenção de compra da Sputnik V, com o intuito de junto aos municípios que fazem parte da entidade, comprar as doses necessárias para a imunização de todos os cidadãos destes municípios.
Até a liberação da vacina, o município de Itajuípe continua seguindo as recomendações do Governo da Bahia, quanto às medidas de restrição de locomoção, ampliando o toque de recolher no município até o dia 01 de abril. Estão restritos cultos religiosos até às 19h30, venda de bebidas e atendimento em bares e restaurantes e delivery de alimentos até à meia noite.
Para o prefeito “A única forma de estancar o aumento da Covid-19 é o isolamento social e a vacina. Estamos clamando ao governo federal a autorizar a chegada das vacinas mais rapidamente nos municípios. Que o governo federal libere as vacinas que já estão liberadas em outros países, para que estados e municípios possam imunizar toda a nossa população. Só a vacina traz a imunidade contra essa doença”, declarou

Por: Wender Lima

Da redação do blog Tribuna de Palmira

0 comentáriosFechar comentários

Deixe um comentário