Acusada de mandar matar o marido, o pastor Anderson do Carmo, em junho de 2019, a deputada Flordelis teve o pedido de cassação do seu mandato aprovado pelo Conselho de Ética da Câmara dos Deputados. Para que a decisão seja definitiva o plenário da Casa precisa avaliar e aprovar o pedido. 


No colegiado, a proposta contou com 16 votos favoráveis e apenas um contrário, do deputado Márcio Labre (PSL-RJ). Os deputados aprovaram o relatório do deputado Alexandre Leite (DEM-SP), apresentado na última semana.

Para que Flordelis perca o mandato são necessários 257 votos, ou seja, concordância da maioria absoluta dos deputados.

Por: Wender Lima

Da redação do blog Tribuna de Palmira

0 comentáriosFechar comentários

Deixe um comentário